March 31, 2007

Unsent

É triste sentir tanto e manter tudo cá dentro. Se algum dia me abrir contigo, antevejo fogo de artifício e um mar de ternura, onde me banho demoradamente.
Quando é que te toco? Faltará muito para chegar o primeiro dia do resto da minha vida? Nunca mais chego ao meu porto de abrigo.
Vejo-me dar-te a mão. Vejo-me feliz contigo. Mal posso esperar pelos teus olhos. Sempre que olhas nos meus mergulho naquele atordoamento/encantamento sem defesas possíveis.

Algo me assusta. Olho mil vezes para a porta para ver se entras; quando o fazes não consigo olhar-te.
Ontem toquei-te.
Perguntaste "o que é que estás aqui a fazer?" e desarmaste-me.
(25 Janeiro)

E cada dia morro mais um bocadinho pela falta de oxigénio, nesta espera do que quero e nesta saudade do que já tive. Foi o melhor e o pior que já me aconteceu. Fui atropelada por um camião e ainda não descobri onde aterrei. Já vejo a pista, na tua forma, o farol nos teus olhos, a segurança na tua pele morena. A grande incógnita é a hora da chegada. Não sei o que fazer para chegar ao meu destino. Quando estás por perto tudo treme. Por dentro.

A solidão faz-me companhia e eu a ela. Esta espera por ti sei que vale a pena.

13 comments:

Joana Sousa said...

Um texto cheio de sentimento.

Adorei a frase: "E cada dia morro mais um bocadinho pela falta de oxigénio, nesta espera do que quero e nesta saudade do que já tive."

;) Lindo

spirit_girl/risingstranger said...

ola obrigada pelo teu komentario, e tambem gostei do teu post esta muito... bom... (spirit)

...VIPER... said...

é sentido o k escreveste... gosto mt e identifiko me de alguma maneira... gosto do teu blog*

Mia said...

Brigado, brigado (babando)

Mia :)

Mia said...

E é mesmo sentido, escrito naqueles momentos mais intensos de solidão ou mesmo carentes...

Mia

Nikkita said...

Adorei ler.
Escreves de maneira muito "intensa". Com todos os sentimentos à flor da pele.... ^^

=)

Beijokas**

PiTinhO said...

adorei o que escreveste sim senhor.. do mlehor q ja li.. identifiko-me bue com o ke escreveste.. =/ es um bloguista do melhor =D.. ahahah

espero q continues! ;-)

Mia said...

um blogger???? ai, tavas tão bem pitinho... ;)

eagle said...

oi!
sei que nao me conheces, mas consegues traduzir este texto para inglês?
esse texto diz o que sinto!
deixa msg de retorno

Mia said...

acho que sim... se quiseres que te envie para o mail, contacta-me.
Mia

eagle said...

adicionei-te pelo msn. vou mandar-te uma msg para a tua conta.
até já

Ana said...

Gostei do texto. Acho que me diz muito.
Postei-o no meu blog, com a devida referência e link para esta página.
Espero que não te importes. E que te sintas orgulhosa :)

Anonymous said...

Aprendi muito